September 24, 2020

Login to your account

Username *
Password *
Remember Me

Create an account

Fields marked with an asterisk (*) are required.
Name *
Username *
Password *
Verify password *
Email *
Verify email *
Captcha *
Reload Captcha

    Carlos Bolsonaro alfineta 'deputados eleitos por Bolsonaro' e cobra apoio à reforma da Previdência Featured

    O vereador do Rio Carlos Bolsonaro (PSL), filho do presidente Jair Bolsonaro, usou as redes sociais para alfinetar nesta terça-feira (26) os aliados do pai.

    Em postagem no Twitter, ele disse que gostaria de deputados eleitos pelo presidente defendendo a reforma da Previdência. De acordo com o vereador, a “esmagadora maioria nem toca no assunto”. 

    “Gostaria de ver mais deputados eleitos por Bolsonaro defendendo a não tão popular, mas necessária proposta da nova previdência. Sabemos que alguns já o fazem, mas qualquer um vê que a esmagadora maioria nem toca no assunto. Um time tem que jogar junto interessado só no Brasil!”, cobrou o pesselista.

    Entregue por Bolsonaro ao Congresso na semana passada, a reforma tem pontos polêmicos, como idade mínima de aposentadoria de 62 anos para mulheres e 65 anos para homens, mudanças na concessão do Benefício de Prestação Continuada (BPC), na aposentadoria rural e também a adoção do regime de capitalização. 

    Consideradas duras, as três primeiras medidas, com alto teor de impopularidade, podem dificultar a aprovação do texto da forma como ele foi encaminhado ao Congresso. Integrantes do PSL, por exemplo, têm demonstrado preocupação com a pequena quantidade de votos para a proposta na Câmara. Deputados aliados já admitem que a matéria deve sofrer alterações durante a tramitação nas Casas.

    Por outro lado, sem cargo no governo, Carlos chama atenção, e também causa insatisfações, pela influência que tem junto ao pai. Apontado como “pitbull de Bolsonaro”, pela defesa agressiva do presidente que costuma fazer nas redes sociais, ele é apontado como causador da demissão do ex-ministro da Secretaria Geral da Presidência, Gustavo Bebianno. A crise com Bebianno se agravou quando o vereador foi ao Twitter chamar o ex-ministro de mentiroso, acusação chancelada pelo presidente. 

    Rate this item
    (0 votes)

    Leave a comment

    Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

    Ad Sidebar
    © 2019 CGN. All Rights Reserved. Designed By uss