August 14, 2020

Login to your account

Username *
Password *
Remember Me

Create an account

Fields marked with an asterisk (*) are required.
Name *
Username *
Password *
Verify password *
Email *
Verify email *
Captcha *
Reload Captcha

    Médico é encontrado inconsciente no estacionamento de posto de saúde em União Bandeirantes, RO

    Um médico de 51 anos foi agredido na noite da sexta-feira (14), em União Bandeirantes (RO), distrito distante 160 quilômetros de Porto Velho. Ele foi encontrado inconsciente no estacionamento da unidade de saúde. Devido aos ferimentos, foi encaminhado para o Hospital João Paulo II na capital, em estado gravíssimo.

    Segundo o boletim de ocorrência registrado como tentativa de homicídio, a vítima foi encontrada pelo motorista da ambulância do posto de saúde com três cortes na parte de trás da cabeça e um na órbita do olho. O motorista pediu ajuda a equipe médica de plantão que socorreu o médico. Devido as lesões, o homem foi encaminhado a Porto Velho, pois o estado de saúde foi considerado gravíssimo.

    A Polícia Militar (PM) foi acionada e encontrou no local do crime um pedaço de madeira, que possivelmente seria a arma utilizada na agressão. De acordo com as investigações, o médico mora em frente ao posto de saúde e estava de folga.

    A PM se deslocou ao apartamento da vítima e, ao chegar nos fundos do terreno, encontrou a porta aberta e a torneira do banheiro ligada. O interior do apartamento estava revirado e jogado no chão foi encontrado o celular do médico.

    No trajeto que liga a casa da vítima e o posto de saúde haviam vários vestígios de fuga. Com isso, a polícia acredita que a agressão começou no apartamento e a vítima correu em direção à unidade de saúde para pedir ajuda.

    A Secretária Municipal de Saúde (Semusa) de Porto Velho divulgou uma nota de repúdio neste sábado (15) lamentando profundamente o ato de violência praticado contra o profissional. Segundo a pasta, o médico é muito querido por todos os colegas de trabalho.

    Conforme a secretaria, já foram tomadas as providências para garantir a segurança na unidade. A Semusa também afirma que acompanha os desdobramentos do fato e presta apoio aos familiares do médico.

    O Conselho Regional de Medicina do Estado de Rondônia (Cremero) e o Sindicato Médico do Estado de Rondônia (Simero), também divulgaram nota em repúdio as agressões contra o médico.

    A vítima está no hospital João Paulo II, nesta tarde passa por um procedimento cirúrgico e seu estado é grave.

    Rate this item
    (0 votes)
    Super User

    Selfies labore, leggings cupidatat sunt taxidermy umami fanny pack typewriter hoodie art party voluptate. Listicle meditation paleo, drinking vinegar sint direct trade.

    www.themewinter.com

    Leave a comment

    Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

    Ad Sidebar
    © 2019 CGN. All Rights Reserved. Designed By uss